Você está aqui: Página Inicial / Programa / Programa de pós-graduação em educação especial

Programa de pós-graduação em educação especial

Programa de pós-graduação em educação especial

A atuação deste Programa tem sido presidida por princípios teóricos e filosóficos emanados da evolução conceitual e da definição de políticas para a Educação Especial, enquanto área de conhecimento e campo de atuação profissional, buscando contribuir, de maneira intencional e planejada, para a superação de uma Educação Especial equivocada: a que responsabiliza o deficiente ou o seu meio próximo pelas dificuldades de aprendizagem e de adaptação ao meio, exerce uma função segregadora e excludente, e atua contra os ideais de inclusão e integração social do público alvo da educação especial e a garantia de sua plena cidadania.

O PPGEEs pressupõe na existência de recursos humanos preparados (científica e conceitualmente) para identificar as armadilhas de concepções e procedimentos equivocados, que reside a possibilidade de alterar a realidade da Educação Especial no país.

A literatura especializada aponta grandes avanços recentes, mas ao mesmo tempo revela imensas lacunas no conhecimento relativo a problemas que envolvem os indivíduos especiais, suas famílias, a escola e a comunidade; problemas cuja solução depende de investigação científica e de intervenção que seja cientificamente embasada e avaliada. Perguntas em aberto na área abrangem questões relativas as características e potenciais de pessoas público alvo da educação especial, a procedimentos e estratégias de ensino efetivas e exequíveis, à construção de currículos significativos (incluindo a profissionalização e estratégias para sobrevivência autônoma), a tipos e modalidades de serviços apropriados e como torná-los acessíveis, a formas de envolvimento da comunidade, à organização escolar, às políticas públicas e à distribuição de recursos, entre outras.

Passar dos planos e ideais para a realização requer conhecimento e prática. É preciso perguntar qual a prática necessária - e então perguntar qual o conhecimento necessário para fundamentar a prática. Esse é um exercício para a pesquisa científica, que requer um potencial instalado - em recursos humanos e em condições de trabalho, em constante operação. Um programa de pós-graduação que congregue as condições para a formação de mestres e doutores pode constituir este potencial.

Área de Concentração: Educação do Indivíduo Especial

Para a finalidade de delimitar e direcionar o curso de pós-graduação, será adotada a noção de que a Educação Especial deve se caracterizar por qualquer tipo e nível de trabalho, de natureza educativa, que explore as condições de ensino para assegurar que a população alvo adquira repertórios considerados relevantes e que não estão sendo ou não podem ser desenvolvidos sob condições usuais de ensino. Desse ponto de vista, seria elegível para atendimento por ensino especial:

1. todo e qualquer indivíduo que, em decorrência de características próprias, orgânicas ou constitucionais, de características de seu ambiente ou de deficiências do sistema escolar, tenha dificuldade de se beneficiar das condições de ensino oferecidas pelo ensino regular ou das condições naturais de vida, mas que podem ter seu desenvolvimento promovido pelo emprego de procedimentos especiais de ensino ou de tecnologias específicas, seja em situação de ensino formal ou informal;

2. qualquer indivíduo (e especialmente crianças na faixa de zero a seis anos) que, pelas mesmas razões apontadas acima, apresente riscos quanto às possibilidades futuras de desenvolvimento e aprendizagem (prevenção);

3. indivíduos com condições especiais de saúde que requeiram a aprendizagem de repertórios especiais para lidar com tais condições.